PRIMEIRA LIGA: FC PORTO LIDERA, BENFICA E SPORTING DE BRAGA PERSEGUEM

PRIMEIRA LIGA: FC PORTO LIDERA, BENFICA E SPORTING DE BRAGA PERSEGUEM

Like
27
0
Segunda-feira, 14 Janeiro 2019
Notícias
Confira todos os resultados da 17º jornada do campeonato nacional.Depois de quase quatro meses sem ganhar na prova, o Desportivo de Chaves conseguiu a terceira vitória na I Liga em 2018/19 frente ao Tondela, e a primeira sob o comando do treinador Tiago Fernandes, graças a golos do brasileiro André Luís, aos 20 minutos, na recarga a uma grande penalidade que Cláudio Ramos defendeu, e do sul-africano Luther Sing, aos 57.

Tomané ainda reduziu de penálti no último lance do encontro, no oitavo minuto de descontos, mas a expulsão de Ricardo Costa, aos 62 minutos, acabou por condicionar a reação beirã, deixando a formação de Pepa no 13.º lugar, com 18 pontos.

Antes do jogo, que começou com dez minutos de atraso devido a gelo no relvado, o Desportivo de Chaves tinha conseguido dois empates a zero, com Feirense e Vitória de Setúbal, somando o terceiro jogo sem perder, enquanto os beirões quebraram uma série de três triunfos seguidos no campeonato.

Por seu lado, os transmontanos deixaram o último lugar e chegaram ao 17.º e penúltimo, com 12 pontos, os mesmos do Desportivo das Aves, que termina a primeira volta com a lanterna-vermelha do campeonato.

No Funchal, um golo de Licá, aos 79 minutos, deixou o Belenenses no sexto posto da tabela no final da primeira volta, com 28 pontos, os mesmos do Vitória de Guimarães (quinto) e do Moreirense (sétimo). Por seu lado, o Nacional somou o terceiro desaire em casa e está no 12.º posto, com 19 pontos, caindo uma posição devido ao empate entre Rio Ave e Vitória de Setúbal (1-1).

Depois de quase quatro meses sem ganhar na prova, o Desportivo de Chaves conseguiu a terceira vitória na I Liga em 2018/19 frente ao Tondela, e a primeira sob o comando do treinador Tiago Fernandes, graças a golos do brasileiro André Luís, aos 20 minutos, na recarga a uma grande penalidade que Cláudio Ramos defendeu, e do sul-africano Luther Sing, aos 57.

Tomané ainda reduziu de penálti no último lance do encontro, no oitavo minuto de descontos, mas a expulsão de Ricardo Costa, aos 62 minutos, acabou por condicionar a reação beirã, deixando a formação de Pepa no 13.º lugar, com 18 pontos.

Antes do jogo, que começou com dez minutos de atraso devido a gelo no relvado, o Desportivo de Chaves tinha conseguido dois empates a zero, com Feirense e Vitória de Setúbal, somando o terceiro jogo sem perder, enquanto os beirões quebraram uma série de três triunfos seguidos no campeonato.

Por seu lado, os transmontanos deixaram o último lugar e chegaram ao 17.º e penúltimo, com 12 pontos, os mesmos do Desportivo das Aves, que termina a primeira volta com a lanterna-vermelha do campeonato.

No Funchal, um golo de Licá, aos 79 minutos, deixou o Belenenses no sexto posto da tabela no final da primeira volta, com 28 pontos, os mesmos do Vitória de Guimarães (quinto) e do Moreirense (sétimo). Por seu lado, o Nacional somou o terceiro desaire em casa e está no 12.º posto, com 19 pontos, caindo uma posição devido ao empate entre Rio Ave e Vitória de Setúbal (1-1).

Fonte: Sapodesporto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *